You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

XT é o rosto dos camiões mais robustos da Scania

  • Scania XT significa robustez e trabalho árdu
  •  O design Scania XT pode ser combinado com todas as cabinas e motores
  • A melhor economia de combustível também é crucial nos veículos para o sector da construção
  • Os serviços e parcerias estreitas são as pedras angulares das soluções Scania
  • As transportadoras do sector da construção enfrentam mais tipos de desafios diferentes das outras, tanto na estrada como fora dela.
     
A introdução da gama XT da Scania marca o início de uma ofensiva direcionada com soluções à medida, voltadas para os clientes exigentes do sector da construção europeu.

"Estamos atualmente a passar à velocidade seguinte no sector da construção", diz Anders Lampinen, Diretor do Produto, da Scania Trucks. "Possuimos os produtos certos, temos os serviços certos e temos as competências certas – o nosso objetivo agora é igualar a posição que detemos no sector dos veículos de longo curso em todos os mercados. A gama XT da Scania é a oferta perfeita quando lidamos com desafios difíceis e clientes que precisam de uma solução na qual possam sempre confiar e que corresponda sempre às suas expectativas."

A Scania apresenta agora o XT, um modelo que pode ser escolhido com todas as versões de cabinas P, G, R e S, independentemente da opção do motor. A base do XT da Scania é formada por um pára-choques resistente, altamente robusto, que sobressai 150 milímetros na frente da cabina. Confere ao veículo um aspeto distinto, símbolo,de força e robustez. Além disso, os clientes do XT da Scania podem optar por diferentes pacotes de acabamentos interiores e exteriores, que contribuem para uma maior produtividade e reforçam a impressão de uma potência sólida inflexível.
 

Com o XT, a Scania apresenta um modelo para as tarefas mais desafiadoras, onde as características como a robustez, a produtividade e o tempo de disponibilidade são cruciais. O poderoso pára-choques que sobressai 150 milímetros, a chapa de proteção e a grelha de proteção dos faróis, conferem uma proteção eficaz à dianteira do veículo em caso de impactos menores.

Construído para uma vida árdua

O pára-choques tem um ângulo de ataque de cerca de 25 graus, dependendo da configuração do tipo de pneus e chassis. Combinado com uma placa de proteção e uma grelha de proteção dos faróis, a versão XT tem uma dianteira particularmente robusta e resistente, que lida facilmente com qualquer impacto ou colisão relativamente violenta com objetos, sem danos para a estrutura subjacente. No centro existe uma cavilha de reboque, facilmente acessível, com capacidade de tracção para 40 toneladas, o que constitui uma mais-valia se o veículo tiver de rebocar algo ou se necessitar de assistência quando estiver carregado.

"O modelo XT da Scania foi realmente adaptado para os veículos de construção, proporcionando uma gama de diferentes aplicações, que funcionam sob condições exigentes tanto em estrada como fora dela", diz Anders Lampinen. "Os desafios incluem tudo, desde estradas em más condições a passagens estreitas, acrescentando o facto de o veículo também ter de suportar condições difíceis e alguns solavancos e raspões, sem necessidade de uma visita à oficina. As transportadoras do sector da construção nem sempre têm as margens do seu lado e o tempo de inatividade não planeado pode ser devastador tanto para o empreiteiro da construção como para as finanças da transportadora".

A parceria é crucial

Os veículos para o sector da construção têm exigências especiais não só em termos de configuração e características de condução diferentes, mas também em termos de apoio, sob a forma de serviços: a manutenção e as reparações também devem satisfazer expectativas elevadas. Os veículos são utilizados em condições árduas, como extrações de areia e estaleiros de construção, em que o equipamento sofre um desgaste significativo.

Porém, ao mesmo tempo, os camiões basculantes típicos percorrem frequentemente 80 000 quilómetros por ano, ou mais, em estradas normais, e, por isso, têm tudo a ganhar com um consumo de combustível reduzido. Além disso, também existem outros tipos de desafios, como estaleiros de construção que, muitas vezes, estão localizados nas cidades, com tudo o que isso implica em termos de requisitos de boa visibilidade, manobrabilidade e constantes arranques e paragens.

"A Scania disponibiliza uma série de serviços diferentes para transportadoras no sector da construção – serviços que são cruciais para conseguir uma boa economia operacional total no caso de um veículo para o sector da construção", diz Lampinen. "A oficina Scania e um contrato de reparação e manutenção, de preferência com a solução inovadora Scania que envolve Planos Flexíveis, adaptados à manutenção após a operação, é o melhor começo".

Por exemplo, as transportadoras com vários veículos podem optar pelo Scania Fleet Care. Este é um serviço baseado no facto de todos os veículos da Scania estarem ligados, garantindo maior tempo de atividade, melhores níveis de utilização e uma boa visão geral dos custos, receitas e fluxos para toda a frota. Uma parceria com a Scania em termos do serviço é, consequentemente, o caminho certo para uma empresa de transportes alcançar uma rentabilidade sustentável. A nova oferta da Scania, que inclui uma formação avançada e especialmente concebida para o condutor, para operações no sector da construção, é ainda outra das novidades nesta área.

Consulte o comunicado de imprensa separado para obter mais detalhes sobre a gama de serviços Scania.

Propriedade segura

Olhando para os mercados Euro 6, a Scania tem uma identidade dupla. Exagerando um pouco, podemos dizer que, enquanto dezenas de milhares de transportadoras nos países nórdicos preferem a Scania porque os veículos são robustos e produtivos no sector da construção, não é incomum os clientes mais ao sul da Europa terem uma opinião igual da Scania como sendo o principal fornecedor de veículos de longo curso, indestrutíveis e eficientes em termos de consumo de combustível.

"O facto de os produtos Scania serem tão apreciados e respeitados em diferentes direções pelas diversas características mostra o incrível potencial que temos, mesmo antes deste lançamento", diz Lampinen. "Com o Scania XT como linha de partida óbvia para todos os produtos e serviços que estamos a introduzir, esperamos também alcançar potenciais clientes no sector da construção nos mercados onde atualmente não estamos à frente do ponto de vista da quota de mercado. Os veículos Scania para o sector da construção não são apenas ferramentas perfeitas, mas são parte de uma solução e uma parceria que proporciona a melhor economia operacional total e boas noites de sono para a transportadora".

Construção personalizada

Considerando que os veículos para o sector da construção em diferentes aplicações são inicialmente os candidatos XT mais óbvios, os sistemas modulares da Scania oferecem também um grande potencial para personalizar uma solução em diálogo com a Scania.

"Na Scania, deixamos os clientes definir o que consideram um desafio difícil e quais as funções que acham que precisam", diz Lampinen. "Como resultado, os veículos do tipo XT podem realizar várias tarefas distintas. É provável que muitos transportadores florestais sejam atraídos para este modelo, mas um veículo municipal típico 4x2, com uma plataforma e um gancho, pode também ser a opção escolhida pelo comprador na versão XT. O argumento é: cabe ao cliente e não a nós na Scania fazer essa escolha".

A liberdade de escolha não termina, obviamente, nas opções da cabina e nas configurações dos eixos. A gama de motores também é extremamente abrangente, e um Scania XT pode orgulhar-se de todas as novas gerações com motores V8 ou motores de 9 litros, que a Scania introduziu recentemente com os motores de 13 litros, eficazes em termos de economia de combustível que a Scania lançou no ano passado com três níveis de potência diferentes (e que teve mais uma novidade no início do verão com uma versão de 370 cavalos de potência, com árvore de cames Miller e SCR para o pós-tratamento dos gases de escape).
 

 

 

 

 

A característica distintiva da oferta Scania para o segmento da construção é a robustez, a produtividade e o rico potencial para personalizar com precisão cada veículo para a tarefa que vai desempenhar. Isto aplica-se ao próprio design e também ao condutor ligado e aos serviços de oficina da Scania que lhe dão apoio.

"Os veículos para o sector da construção são, na realidade, um conceito extremamente vasto, mesmo que na Scania comecemos basicamente com oito aplicações diferentes", diz Lampinen. "Mas com todos os produtos e serviços que agora oferecemos, associados à segunda fase da introdução da nova geração Scania, cada cliente exclusivo dispõe de todas as oportunidades para adaptar exatamente a solução necessária em sintonia com o seu representante Scania".

Lampinen tem o cuidado de salientar que a gama Scania XT, por muito boa que seja, é apenas uma opção entre muitas.

"O Scania XT é, naturalmente, o nosso herói da gama, mas existem agora vários eixos diferentes, caixas de velocidades, chassis e outras opções disponíveis, que naturalmente funcionam também noutros sistemas para além da versão XT", afirma. "Este outono, os fabricantes de carroçarias líderes na Europa estão intensamente empenhados em finalizar soluções personalizadas para uma clientela muito diversificada, utilizando como ponto de partida a nossa nova geração de camiões".

Diferentes opções de equipamentos

Para além do design básico, podem ainda ser acrescentados dois pacotes de equipamentos únicos do XT: um pacote exterior e um pacote interior (podem existir algumas diferenças locais no conteúdo do pacote). O pacote exterior é caracterizado por espelhos retrovisores numa versão extra-robusta, uma viseira externa para o sol e luzes de tejadilho embutidas adicionais. O pacote interior inclui, por exemplo, assentos numa versão XT especial, tapetes de borracha com rebordo elevado, unidades de arrumação e uma unidade que permite, se necessário, ampliar o painel de instrumentos e disponibilizar espaço para os comandos para operar diversos equipamentos, além da carroçaria.

"Independentemente da opção escolhida, um Scania XT irá sempre irradiar aquela robustez que apenas uma longa experiência e um respeito por todos os tipos de desafios é capaz de criar", diz Lampinen.

 

Para mais informações, contacte:
Anders Lampinen, Diretor do Produto da Construção da Scania Trucks
Telefone: + 46 73 655 04 48, e-mail: anders.lampinen@scania.com

Örjan Åslund, Chefe de Assuntos do Produto da Scania Trucks
Telefone: +46 70 289 83 78, e-mail: orjan.aslund@scania.com