You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

Ángel Nieto, Campeão do Mundo de Motociclismo em 12+1 ocasiões, apadrinha o Bosque Scania

O Bosque Scania, que já conta com 8.787 árvores, foi apadrinhado ontem por Angel Nieto, num evento comemorativo do terceiro aniversário do projeto de Responsabilidade Social Empresarial da Scania.

O Bosque Scania nasceu graças ao projeto “Um Scania, Uma Árvore”, que teve início em 2013, e através do qual a Scania, em cooperação com a autarquia de Rivas Vaciamadrid, se comprometeu a plantar, manter e proteger uma árvore por cada camião e autocarro vendido em Espanha e Portugal. 

O evento, que teve lugar no dia 13 de março, no município de Rivas Vaciamadrid, contou com a presença do Campeão do Mundo de Motociclismo em 13 ocasiões, Ángel Nieto, como padrinho do Bosque Scania. Ángel Nieto dedicou algumas breves palavras aos presentes, em particular ao pessoal, à marca e aos jornalistas do sector: «Quero agradecer à Scania pelo seu trabalho neste projeto. É um exemplo de iniciativa amiga do ambiente e uma referência. Também gostaria de agradecer à Scania a sua presença no MotoGP e o apoio que tem dado ao desporto e aos valores que ele representa

Têm todo o meu apoio neste projeto. Na verdade, não é a primeira árvore que planto. Já plantei uma em Nürburgring, na Alemanha, e é um prazer repetir a experiência. Temos de vir cá daqui a alguns anos para ver como está o Bosque Scania.”

Antes, o Presidente da Câmara de Rivas, Pedro del Cura, destacou “os aspetos positivos desta colaboração com a Scania. No município estamos agradavelmente surpreendidos com o número de árvores do Bosque e com o esforço da Scania, que este ano foi reforçado com a cedência de um camião-tanque Scania para regar as árvores”.

Reforçando o seu compromisso com esta ação, a Scania cedeu para a rega das árvores um camião Scania P93 ML 4x2, com uma aparência especial que indica a atividade a realizar.

Jose Antonio Mannucci, Diretor-geral da Scania, sublinhou que “o acordo une tanto as pessoas da Scania, como os clientes e os nossos valores, sobretudo a sustentabilidade. Por isso, este projeto identifica-nos. Quero enfatizar que este ano foram plantadas mais de 4.700 árvores, o que significa mais de 4.800 toneladas de CO2. Isto é um grande contributo para o meio ambiente.”

Depois dos discursos, os presentes dirigiram-se ao local da plantação, o Parque Regional do Sudeste, situado ao km 16 da A-3, onde Ángel Nieto destapou uma placa comemorativa do apadrinhamento e plantou simbolicamente uma oliveira.

O projeto, que começou em 2013 e tem a duração de 5 anos, prevê a plantação de mais de 14.000 árvores, o que significa a fixação de aproximadamente 16.250 toneladas de CO2, de acordo com estimativas feitas por especialistas em meio ambiente. 

O Bosque Scania integra várias espécies de árvores, segundo a recomendação dos técnicos ambientais, tais como, o pinheiro manso, o carvalho, a azinheira, a figueira, a amendoeira, a oliveira e o zimbro.

Cada cliente da Scania, graças ao qual é possível ir acrescentando árvores ao bosque, recebe um certificado que confirma as árvores plantadas por cada veículo adquirido e os quilos de CO2 fixados durante 100 anos de vida. Além disso, as unidades que fazem parte do projeto são identificadas com o distintivo “Um Scania, Uma Árvore”.

Com esta iniciativa, além de criar um espaço verde público, a Scania contribui para reduzir o impacto ambiental causado pelos transportes e para melhorar o meio ambiente.