You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

Henrik Henriksson vai ser o novo presidente e CEO da Scania

O Conselho de Administração da Scania nomeou Henrik Henriksson como novo Presidente e CEO da Scania AB. O executivo irá assumir o cargo a 1 de Janeiro de 2016 e sucede a Per Hallberg. A partir da mesma data, Henrik Henriksson vai tornar-se também membro do Conselho de Administração da Truck & Bus Volkswagen (Truck Board).

"Henrik Henriksson é uma pessoa capaz e experiente, com grande espírito empreendedor e liderança visionária. Tem o perfil certo para liderar e desenvolver a empresa a longo prazo ", comenta Andreas Renschler, Presidente do Conselho de Administração Scania. 

Henrik Henriksson, nascido em 1970, é licenciado em Administração de Empresas. Tem sido membro do Conselho Executivo da Scania desde 2012 e atualmente é vice-presidente executivo e diretor de vendas e marketing. O executivo entrou na Scania como estagiário de Gestão em 1997 e ocupou vários cargos de responsabilidade na organização de marketing da empresa. 

"Estou ansioso com a tarefa de continuar a desenvolver a Scania, de acordo com as metas e estratégias estabelecidas pela administração da empresa e do Conselho. Vamos continuar a ampliar a oferta de produtos e serviços que impulsiona a rentabilidade para nossos clientes e nós, bem como os nossos esforços para nos tornarmos líderes no transporte sustentável. Um papel importante para a Scania é também utilizar todo o potencial para desenvolver soluções específicas para o cliente da marca, algo possível através da cooperação no âmbito Volkswagen Truck & Bus ", diz Henriksson. 

Per Hallberg vai renunciar às suas posições operacionais em 2016 e regressar às suas responsabilidades nas áreas da produção e logística. Ligado à Scania desde 1977, juntou-se ao Conselho Executivo em 2001. 

"Gostaria de agradecer a Per Hallberg por ter assumido a posição de CEO em Abril deste ano numa curta chamada, por manter a Scania no seu alto nível de excelência e por ter motivado os funcionários durante esses tempos de mudanças", conclui Andreas Renschler.