You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

Scania lidera projeto de investigação europeu sobre “platooning”

A Scania irá assumir o papel de liderança num projeto de investigação europeu de três anos, que visa o desenvolvimento do sistema de platooning nas estradas. O platooning consiste na implementação de comboios de veículos que circulam juntos e coordenados e que contribuem à redução da resistência aerodinâmica. A introdução deste conceito nas estradas europeias pode contribuir de forma significativa para reduzir a pegada de carbono dos camiões. A União Europeia estabeleceu o objetivo de reduzir a emissão de gases com efeito de estufa em 20%, até 2020. Os veículos pesados contribuem atualmente com 17% do total das emissões de CO2.

Através do projeto de investigação COMPANION, no valor de 5,4 milhões de euros, dos quais 3,4 milhões são financiados pelo Sétimo Programa-Quadro da UE, os parceiros deverão identificar meios para implementar o conceito de platooning na prática diária das operações de transporte. O projeto inclui também a Investigação do Grupo Volkswagen, do Real Instituto de Tecnologia de Estocolmo (KTH), do Instituto de Informática de Oldenburg (OFFIS) na Alemanha, a IDIADA – Tecnologia Automóvel (Espanha), da Science & Corporation na Holanda e da empresa espanhola de transportes, a Transportes Cerezuela.

Os benefícios da redução da resistência aerodinâmica são bem conhecidos. Ao longo dos últimos dois anos, a Scania implementou o conceito de comboios de veículos nas suas próprias operações de transporte e tem demonstrado que, graças a uma menor resistência aerodinâmica, é possível alcançar uma economia de combustível até 5%.

“Esperamos que este projeto contribua para uma maior consciencialização, à escala europeia, das muitas vantagens do platooning,” refere Sven-Åke Edström, Vice-Presidente Sénior de Desenvolvimento de Chassis de Camiões, Cabinas e Autocarros. “O platooning irá exigir sistemas de apoio estandardizados, assim como medidas legislativas que irão ser clarificadas neste projeto.”

Dependendo do transporte atribuído, as transportadoras deverão ser capazes de identificar a rota mais vantajosa, no que se refere ao consumo de combustível. Mediante um sistema integrado, os condutores receberão informação quanto ao local onde poderão juntar-se e separar-se dos respetivos comboios de veículos. Este sistema de informação integrada descreverá claramente as alternativas disponíveis, tendo em conta variáveis 

como as condições atmosféricas, as situações de trânsito e a agenda de entregas, assim como o peso e a velocidade da combinação de camiões.

O projeto deverá dar particular atenção ao modo como a informação é apresentada aos motoristas, relativamente ao local onde se podem juntar e separar dos respetivos comboios de veículos. Como o motorista é o principal responsável pelo seu veículo, a informação deverá estar preparada de modo a facilitar a tomada de decisões e incluir conselhos sobre como gerir a velocidade do seu veículo, por exemplo. Além disso, os aspetos técnicos e da segurança dos comboios de veículos continuarão a ser analisados.

O projeto deverá também propor regulamentos comuns da UE, autorizando distâncias menores entre os camiões que façam parte do comboio de veículos. Quanto menor for essa distância, maior poderá ser a economia de combustível. No entanto, seria exigível que os veículos mantivessem entre si uma ligação por um sistema de comunicação sem fios.

Com as empresas espanholas IDIADA e Transportes Cerezuela como parceiros, o objetivo é testar todo o sistema nas estradas espanholas durante o outono de 2016. “É também uma grande vantagem nesta fase inicial do projeto incluir os futuros utilizadores e assim poder beneficiar do feedback dos clientes,” refere o Coordenador do Projeto, Magnus Adolfson, Chefe de Sistemas e Serviços de Transportes Inteligentes da Scania.

Para mais informações, contacte Magnus Adolfson, Chefe de Sistemas e Serviços de Transportes Inteligentes, Scania

tel.: +46 8 553 836 83 

e-mail: magnus.adolfson@scania.com

Mais informações sobre o projeto estarão disponíveis no início de 2014, em www.companion-project.eu.