You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

Relógio Scania

O tempo faz a diferença entre o êxito e as dificuldades acrescidas da sua empresa

Quer ver mais?

Veja mais

Está na altura de uma nova geração

Quer a missão seja o transporte de longo curso ou a construção de um relógio gigante com a nova geração de camiões e serviços Scania, a precisão e o desempenho elevados são fundamentais. E são os motoristas que fazem girar os volantes e os ponteiros do relógio.

Veja o relógio

Com 125 anos de experiência, a Scania conhece o valor do tempo – e sabe que a pontualidade pode representar a diferença entre o êxito e o fracasso da sua empresa. Para o provar, a Scania decidiu enfrentar o desafio mais exigente – o próprio tempo. Um desafio em que 14 camiões e 90 motoristas profissionais tinham de registar exatamente cada segundo.

Num aeródromo deserto no meio do nada, a Scania propôs-se construir um relógio gigantesco, totalmente constituído por camiões com motoristas altamente qualificados.

Clock people

O relógio ocupou 70.000 metros quadrados e tinha mais de um quilómetro de circunferência, com 17 metros entre cada marca de segundo e minuto, e 85 metros entre cada hora. O veículo no exterior do segundo ponteiro tinha de manter uma velocidade constante a quase 60 km/h, conduzindo 1.440 quilómetros durante 24 horas. Entretanto, os camiões na parte mais interna dos ponteiros dos minutos e das horas seguiam todos juntos a menos de 100 metros.

Formação e coaching

É sabido que o motorista é um dos fatores mais importantes na equação de economia de combustível e para manter o tempo de disponibilidade do veículo. A Scania sabe como desenvolver as capacidades dos motoristas. Qualquer que seja a experiência de um motorista, é sempre possível aumentar a sensibilização para a segurança, o desgaste e o impacto ambiental com o Scania Driver Training and Coaching. E, com os novos planos de manutenção flexível Scania, é feita uma rigorosa manutenção de cada veículo consoante as condições de condução específicas.

“Esforço extremo”

Antes da gravação, os 90 motoristas treinaram durante vários dias para aprenderem a acelerar e desacelerar ao ritmo certo, sempre atentos ao lado esquerdo. O camião no exterior em cada ponteiro marcava o ritmo.

Motorista Elin Engström

“Tínhamos de estar sempre atentos à hora exata e estar na marca certa a cada segundo, em cada segundo… Conduzir assim é muito exigente. Ao fim de duas horas ao volante ficamos exaustos. E os motoristas eram substituídos em andamento”, segundo Elin Engström, um dos motoristas.

Os veículos no ponteiro dos minutos tinham de se mover a cada sessenta segundos em aceleração simultânea e fazer uma paragem distinta numa marca no alcatrão. Os dois motoristas em cada camião eram substituídos a cada seis horas.

“Cara tripulação tinha o almoço a bordo. Apesar de estarem 40 ºC, era importante manter a ingestão de líquidos ao mínimo para fazer toda a sessão sem interrupção”, afirma Per-Erik Nordström, mais um motorista de resistência.

Controlado a partir da torre

O serviço Scania Fleet Care foi o cérebro de toda a operação, recorrendo às ferramenta conectadas – como a Gestão de Frotas Scania (FMS). A partir da torre de controlo, os Gestores do Scania FMS controlavam todas as peças e monitorizavam constantemente o estado de cada motorista e cada veículo. Os dados permitiram-nos estar um passo à frente e prever qualquer problema que pudesse surgir.

 

A história por detrás do filme do relógio da Scania

“Quando surgiu a ideia de criar um relógio totalmente funcional feito de camiões, e filmá-lo durante 24 horas, o primeiro pensamento foi o de ser uma brilhante ideia – que pode correr mal de inúmeras formas. O brilhantismo da ideia residia na transmissão da mensagem de forma entretida, onde o tempo e o tempo operativo são fatores chave no transporte de longo curso, e numa forma espetacular e inovadora de apresentar a nova oferta total da Scania”, explica Karin Hallin, Gestora de Projetos de Comunicação de Marketing e uma das líderes do projeto do filme do relógio.

Torre de controlo
Preparar os camiões
Produção do Relógio Scania
Uma câmara aérea é montada sob o zepelim

A complexidade aumenta

Os problemas práticos e a complexidade do projeto aumentaram com o tempo: desde encontrar um espaço vedado suficientemente grande na Europa, com o apoio adequado, à infraestrutura certa para os cálculos da velocidade, as mudanças de motorista e o desgaste dos pneus.

“Com a equipa local, os motoristas e a equipa da Scania éramos aproximadamente 250 pessoas durante uma semana inteira. Era um enorme exercício de logística sob 40 graus. Depois, a atitude e a personalidade de todos os envolvidos tornou-se extremamente importante", disse Karin.

“Penso que foi o espírito positivo e a grande cooperação entre todos os envolvidos que tornaram possível criar este ballet de camiões perfeitamente sincronizado durante 24 horas.”