You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

Disponibilizar novas soluções para a cidade

Motor de 7 litros mais leve

Futuro mais leve e brilhante

Com a introdução do novo camião de distribuição mais leve, a Scania oferece aos transportadores urbanos um novo nível de eficiência de transporte. Os motoristas irão desfrutar das melhores condições de condução na indústria em veículos que se distinguem na capacidade de manobra, direção e condução, essenciais no intenso tráfego do centro da cidade.

17280-001

315 kg mais leve

Com o motor de 7 litros mais leve, os novos camiões perderam 315 quilos quando comparado com a variante de 9 litros da Scania. melhorando significativamente a capacidade de carga. “Alargámos significativamente a nossa oferta para o número crescente de clientes que operam nas áreas urbanas”, afirma Henrik Eng, Diretor de Produto para Camiões Urbanos

"Um menor consumo de combustível enquadra-se totalmente no foco que muitas cidades põem na sustentabilidade."

Henrik Eng

Diretor

Criado para as cidades

O motor de 7 litros foi concebido principalmente para aplicações urbanas tais como camiões de distribuição, camiões basculantes e veículos de apoio aeroportuário. Estes camiões urbanos mais leves estão disponíveis em três potências de motor: 220, 250 e 280 cv. O motor está certificado para utilizar 100 por cento de HVO, um biocombustível que oferece uma redução de CO2 de até 90 por cento.

Túnel do motor baixo para aumentar o espaço

Com dimensões mais compactas, a nova cabina da série P em combinação com o Scania Opticruise terá um túnel de motor mais baixo, criando um interior de cabina mais espaçoso. Adicionalmente, graças à configuração de 6 cilindros, os motoristas irão sentir menos ruído e vibração.

Especificar às suas necessidades

Para determinadas aplicações de transporte urbano, o motor de 9 litros de maiores dimensões continua a ser a escolha relevante, por exemplo, para a distribuição pesada de bebidas. Contudo, em muitos casos, o motor de 7 litros constitui a escolha perfeita para aplicações urbanas, com um peso bruto total de 26 toneladas.

“No caso da distribuição urbana, os camiões começam a respetiva rota com 18 toneladas de mercadoria na caixa, reduzindo gradualmente a carga à medida que são feitas as entregas”, afirma Eng. “Faz sentido não especificar excessivamente o camião, especialmente quando são possíveis substanciais poupanças de combustível.”