You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units

SEM COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS

36 autocarros Scania a gás na Noruega

Para uma frota de autocarros sem combustíveis fósseis

Em junho de 2015, a transportadora pública norueguesa Nobina Akershus recebeu 36 autocarros OmniExpress Euro 6 a gás. Os autocarros, para uso no terminal na cidade de Ski, a sul de Oslo, fazem parte de uma estratégia para a região para deixar de utilizar combustíveis fósseis.

Bob Sebro é Gestor de Operações para Akershus, sedeada no armazém em Ski da Nobina. A empresa opera autocarros em nome da Ruter, uma empresa pública que planeia, coordena, encomenda e comercializa o transporte público nas regiões de Oslo e Akershus. "Não utilizamos combustíveis fósseis porque a Ruter tem de deixar de utilizar combustíveis fósseis até 2020", explica Sebro.

Nobina descobriu que o gás era uma excelente opção para os autocarros na região de Ski, dada a disponibilidade de uma infraestrutura e a existência de biogás. Os novos autocarros foram postos em funcionar em meados de 2015 com grande êxito. "Os autocarros, o fornecimento de gás e os postos de combustíveis funcionaram todos muito bem", afirma Sebro.

Otimização da frota

Os novos autocarros substituíram os autocarros mais antigos que funcionavam na região. A frota anterior incluía vários tipos de autocarro, enquanto a nova frota inclui apenas dois tipos: 18 de 15 metros e 18 de 13 metros.

"O interior é muito semelhante e é prático para os motoristas, graças às condições de trabalho semelhantes a bordo", afirma Sebro.

Diferentes rotinas de reabastecimento

A experiência do armazém da Nobina Ski mostra que a principal diferença entre um biogás e um autocarro de diesel é a diferença em reabastecimentos de rotina. "Temos de reabastecer sempre que autocarros passam pelo armazém", afirma Sebro. "Em termos de condução, não existem diferenças entre os autocarros a gás e os autocarros a diesel."