You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania: marca comprometida com a sustentabilidade

Fabricante pratica o conceito com foco no produto, a fim de promover soluções renováveis para redução de poluentes e garantia da rentabilidade da cadeia de transportes

São Paulo, 3 de abril de 2014 – Para a Scania, a competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil (MMCB), que abrirá seu período de inscrições nesta sexta-feira (4 de abril), contribui para a prática da sustentabilidade. Todos os inscritos serão incentivados a buscar a formação constante, pois um profissional qualificado pode reduzir em até 10% o consumo de combustível. Além disso, a fabricante deseja reforçar a importância desse tema em todo o ciclo do TRC (Transporte Rodoviário de Cargas), envolvendo associações de classe, embarcadores, transportadoras, motoristas autônomos e a sociedade em geral.

“Diversos protagonistas da cadeia do transporte já estão promovendo e investindo em ações de sustentabilidade. Contudo, ainda há muito a ser feito, e o MMCB revigora essa discussão fundamental em sua quinta edição”, afirma Eronildo Santos, diretor de Vendas de Veículos da Scania no Brasil. “A Scania prioriza a sustentabilidade com foco no produto. Oferecemos ao mercado soluções de transporte com produtos e serviços integrados e preparados para a diminuição de emissões e de CO2.”

Para produzir um ciclo sustentável consistente, a Scania acredita numa tríade formada por veículo, motorista e serviços disponibilizados. “Um veículo moderno e com todas as manutenções em dia economiza componentes, reduz o consumo de combustível e coopera com o meio ambiente”, explica Santos. “Mas são necessários condutores treinados e qualificados e um completo pacote de serviços que suporte as necessidades dos clientes. O MMCB também tem por missão difundir no dia a dia a importância do treinamento.”

Vale a pena ressaltar que o motorista atua em todos os elos da cadeia do transporte rodoviário. Ele liga o campo à casa do consumidor, por exemplo. Em diversos tipos de trabalho, é responsável por transferir as matérias-primas utilizadas em variadas linhas de produção para a indústria, levar cargas aos centros de distribuição, ao comércio nas cidades e ainda retornar com o lixo, fechando o ciclo sustentável.

Linha completa e desenvolvida para gerar economia de combustível

A Scania está empenhada em oferecer veículos que sejam ainda mais econômicos e emitam menos CO2 (dióxido de carbono). Essa filosofia global da empresa beneficia a sociedade, o meio ambiente e o transportador, uma vez que o combustível é o custo de maior impacto para quem trabalha no setor, pois representa cerca de 40% das despesas.

Para oferecer um ciclo sustentável, a Scania disponibiliza tecnologias e soluções de vendas de produtos, serviços e soluções financeiras (Scania Banco e Consórcio Scania) para atender à demanda do cliente no transporte de cargas e de passageiros, ou ainda nos mercados de motores industriais, marítimos e para grupos geradores de energia. A linha de caminhões possui as cabines P, G, R, R Highline e Streamline, que atuam nos segmentos de semipesados, pesados e fora de estrada e variam de 250 a 620 cv de potência.

Existe um caminhão certo para a necessidade de cada cliente, seja na operação de distribuição, rodoviária ou fora de estrada (mineração, construção, cana e madeira).

Um exemplo de tecnologia é o Scania Driver Support, que contribui para a condução econômica, redução de emissões e segurança. A ferramenta, pioneira no Brasil, analisa via sensores as ações do condutor e emite informações no painel de instrumentos que o ajudam a melhorar o desempenho com dicas e avisos apresentados a todo instante.

Etanol: exclusividade Scania na América Latina

A Scania é mundialmente reconhecida pelo investimento em combustíveis alternativos. Na América Latina e no Brasil, é a única a ofertar caminhões e ônibus movidos a etanol, por meio da gama de produtos de 270 cv de potência. Esses veículos emitem até 90% menos CO2. Em São Paulo, 60 ônibus da frota pública urbana da capital, 50 da operadora MobiBrasil e 10 unidades da Tupi Transportes, são movidos a etanol. Em 2013, a Natura, por meio de sua parceira Orion, passou a utilizar o primeiro ônibus de fretamento desse tipo na América Latina, na cidade de Cajamar (SP), para transporte de funcionários. Ainda em 2013, a Natura também foi pioneira ao iniciar testes com dois caminhões etanol para o uso rodoviário. Em parceria com a Coopercarga, os veículos serão testados até o fim de 2014.