You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Motoristas brasileiros são destaque em competição da Scania

Condutores do País sempre foram responsáveis por números recordes de inscrições em disputa de âmbito mundial

São Paulo, 9 de maio 2012 – Na quarta edição da competição “Melhor Motorista de Caminhão do Brasil”, a Scania estima que mais uma vez os brasileiros baterão o recorde de inscrições, dentro do contexto mundial do evento da montadora sueca. Em 2010, na última versão da competição, inscreveram-se 28 mil motoristas do País num universo de 45 mil participantes, representantes de países da Europa e da América Latina.

“A participação dos motoristas brasileiros vem crescendo a cada edição e esse dado nos deixa orgulhosos, porque demonstra que o profissional busca, sim, aprimorar seus conhecimentos e técnicas”, diz Marcio Furlan, gerente de Marketing e Comunicação Comercial da Scania no Brasil. “Esperamos que mais e mais condutores invistam em cursos para melhorar tanto a carreira como sua vida social”, completa.

A primeira edição da competição de motoristas de caminhão da Scania ocorreu em 2003 com o programa Young European Truck Driver (Jovem Motorista de Caminhão Europeu) e foi realizada unicamente na Europa. A estreia reuniu 20 países. Ao todo foram 6 mil inscritos e os vencedores de cada país disputaram uma única final. Naquela época, havia o limite de 30 anos de idade para os participantes. A regra era válida em virtude de na Europa essa faixa etária ser a responsável pela maioria dos acidentes nas estradas envolvendo caminhões.

No ano de 2005 foi realizada a segunda edição do evento, dessa vez com 28 países europeus. Esse ano marca a chegada da ação ao Brasil, Argentina, África do Sul e Taiwan, todos com finais independentes. Foram inscritos 34 mil motoristas, 11 mil apenas no Brasil. Houve uma mudança na regra da idade. O limite subiu para 35 anos, para envolver um número maior de participantes. Por outro lado, nos demais países não foram adotados limites.

Em 2007, a ação tornou-se global, com mais de 44 mil competidores nos cinco continentes. Ficou estabelecido que a competição seria disputada de dois em dois anos. Além da Europa, com 28 países reunidos novamente em um único torneio, e de Brasil, Argentina, África do Sul e Taiwan, também passaram a participar Austrália, Coréia do Sul, Malásia, Botsuana, Namíbia e Tanzânia. Todos os países com finais independentes.

O Brasil bateu recorde de inscritos: 21 mil das 44 mil inscrições. Durante as fases de qualificação, a Scania organizou seminários sobre segurança nas estradas, vários em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A segunda edição no Brasil teve a final realizada na fábrica da Scania em São Bernardo do Campo (SP) e atraiu mais de 2 mil torcedores.

“Em 2010, recebemos 28 mil inscritos, o recorde de participação. Um total de 28 países registraram representantes. As inscrições de âmbito mundial chegaram à marca de 45 mil”, relembra Furlan.

Até hoje, a Scania já recebeu mais de 100 mil inscrições de motoristas de caminhões e ônibus nos cinco continentes, tornando as competições de Motoristas Scania o maior evento para condutores de caminhões pesados em todo o mundo.

Na Europa, a ação é apoiada pela Comissão Europeia e pela União Internacional de Transporte Rodoviário (International Road Transport Union–IRU). A competição “Melhor Motorista de Caminhão do Brasil” também conta com suporte de instituições que são referência nacional no segmento de transporte e na formação de condutores no País, entre elas, a NTC&Logística, a Confederação Nacional do Transporte (CNT), o Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest Senat), a Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte (Fabet) e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).