You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania lança linha Off Road na Agrishow 2012

Equipados com motores Euro5, a nova linha possui o maior torque da categoria e reforça tradição da montadora sueca de oferecer a gama mais eficiente para segmento Off Road

São Paulo, 02 de maio 2012 – A Scania apresenta na edição 2012 da Agrishow, que acontece em Ribeirão Preto (SP), entre 30 de abril e 4 de maio, sua nova linha de caminhões Off Road. Além de melhorias no trem de força, as cabines G passaram por modificações que tornam os caminhões da Scania para o segmento ainda mais resistentes e robustos. Quem passar pelo estande da montadora irá conhecer os novos G 440 6x4 e G 480 6x4, ideais para operações fora de estrada no transporte de cana-de-açúcar, o foco da região de Ribeirão Preto. Disponível também nas configurações de roda 8x4, 10x4 e 6x6, a nova linha Off Road também é ideal para as mais duras tarefas em florestas, minas e canteiros de obra.

“Precisávamos criar um produto com identidade para o setor Off Road, que atendesse às necessidades específicas do segmento. Com esse ideal, nosso departamento de pesquisa e desenvolvimento adaptou cabine, motor, a caixa automatizada Scania Opticruise, o Scania Retarder e a suspensão traseira, além de outros itens, para oferecermos um produto ideal para operações fora de estrada. Dessa necessidade de segmentação e a partir do conceito de evolução contínua, surgiu a nova linha Off Road da Scania”, afirma Silvio Renan Souza, gerente de Vendas de Veículos Off Road da Scania no Brasil.

Melhorias na cabine

A grade frontal completamente nova, mais resistente e mais robusta, agora é uma peça única. No segmento rodoviário, por exemplo, ela é bipartida. Com o objetivo de melhorar o acesso à frente da cabine, a Scania projetou um degrau na parte superior do para-choque, antiderrapante, pelo qual o motorista ou o responsável pela manutenção pode se deslocar por toda a área frontal do veículo (para limpar o para-brisa, por exemplo). O acesso fica ainda mais fácil e seguro por conta do novo degrau retrátil incorporado ao para-choque e barras salientes na grade frontal, outro importante reforço para facilitar o ingresso do operador ao novo degrau de serviço. “Essas novidades demonstram o quanto a nova linha é dedicada ao segmento Off Road, pois são características com que não equipamos os caminhões rodoviários”, explica o gerente.

O novo para-choque segue a mesma filosofia da grade. Produzido com um material mais resistente, suporta ainda mais os impactos da severa operação fora de estrada. Outro reforço é o escudo protetor, localizado logo abaixo do para-choque e construído com chapa reforçada que protege o carter e o motor. Também para ultrapassar com maior facilidade os terrenos não pavimentados nas aplicações mais severas, a nova linha Off Road da Scania ganhou uma elevação tanto do chassi quanto do para-choque.

A linha 2012 chega ao mercado com novo ângulo de ataque de 25º, resultado da elevação do chassi e do para-choque. “Trata-se do melhor grau da categoria para situações extremas, típicas do segmento. Com ele, o caminhão ganha força fundamental para transpor qualquer tipo de obstáculo, como, por exemplo, entrar em um rio, em uma vala, ou trafegar por subidas ou descidas íngremes”, ressalta Souza. Para ter uma ideia do impacto positivo do novo ângulo, um caminhão rodoviário geralmente possui 18º de ataque.

Os caminhões Scania Off Road Euro 5 também são apresentados com novo pino de resgate de tração para 35 toneladas. “Agora, o pino de resgate é original de fábrica, exclusivo dos caminhões Scania, e com muito mais capacidade de reboque. Além de contar com a garantia da marca referência nos pesados”, salienta o gerente.

O pino de resgate tem papel importante nas operações severas. Alguns cenários podem explicar melhor sua utilidade. No caso do setor madeireiro, sua presença ajuda a rebocar o caminhão, mesmo carregado, caso ele atole dentro da floresta na época de chuvas, sem a necessidade de usar trator de esteira e ter custo extra. No caso do setor de cana-de-açúcar, o pino também ajuda o motorista a tirar o caminhão de atolamentos na palhada ou no carreador.

A linha Off Road da Scania chega ao mercado pela primeira vez com faróis auxiliares (de milha e de neblina) em espaço próprio, melhor posicionados na cabine e não mais incorporados ao para-choque. “Foi um pedido dos nossos clientes. A participação deles no desenvolvimento de um produto é fundamental e a Scania valoriza demais esse trabalho em parceria”, explica Souza. Outro pedido dos clientes atendidos pela marca foi a inclusão da proteção reforçada nos faróis auxiliares, antes apenas montada nos faróis principais. Para auxílio em situações de chuva e neblina, a Scania agregou um exclusivo limpador por compressão a jato para os faróis. “Com todo esse pacote, passamos a oferecer o conjunto óptico mais completo da categoria”, diz o gerente.

Trem de força ainda mais eficiente

Tradicionalmente, a Scania disponibiliza ao mercado o conjunto trem de força mais eficiente, econômico, robusto e de fácil manutenção. No lançamento da nova linha Off Road a fabricante consolida mais uma vez essa fama reconhecida pelos clientes. Os motores de 13 litros, que contam com a tecnologia Euro5, possuem uma nova plataforma, o que trouxe um ganho de 9% de torque e 5% de potência em relação ao antigo bloco de 12 litros. Na prática, os motoristas conseguem superar rampas com velocidades mais altas a rotações menores, o que resulta em menos consumo de combustível, que pode ser até 7% inferior.

Na faixa de 440 e 480 cavalos, os motores entregam o maior torque da categoria. “Isso se reverte em performance para o cliente. O torque em baixas rotações reduz o consumo de combustível e o tempo de ciclo de viagem, garantindo melhor velocidade de subida. Nenhum concorrente consegue alcançar nosso desempenho. Para o setor canavieiro, esse é um grande diferencial”, afirma Souza.

Além do maior torque, a nova gama Off Road oferece a maior Capacidade Máxima de Tração (CMT) da categoria: 150 toneladas. São quase 50 toneladas a mais em comparação com os concorrentes.

No agronegócio Off Road, esse dado é um grande diferencial, pois torna possível transferir o produto pronto em menos viagens, otimizando tempo e economizando em toda a cadeia de operação, desde diesel até pneus.

Novo Scania Opticruise e Retarder

Na hora de escalonar as marchas, o motorista experimentará todas as vantagens da nova caixa automatizada Scania Opticruise. Em sua terceira geração, o sistema ganhou mudanças de marchas mais rápidas, além de ter a carcaça confeccionada com materiais mais robustos. Na aplicação fora de estrada, um dispositivo especial da caixa, quando acionado, mantém a embreagem engatada o maior tempo possível, para evitar interrupções no fornecimento de potência e tração. As mudanças de marchas diminuem, de forma a permitir que o motor gire em rotação mais ampla.

Outra vantagem do conjunto está no modo “desatolamento”, que identifica quando as rodas motrizes passam a perder a aderência ao solo. Ao ser acionado, o dispositivo permite que o veículo balance rapidamente de um lado para o outro a fim de forçar a saída da situação, sem causar nenhum tipo de perda de controle do motorista. “A segurança é total nessa situação”, explica o gerente.

Em sua segunda geração, o sistema hidráulico de freio auxiliar Retarder é mais eficiente em baixas velocidades, características típicas do segmento Off Road. O torque máximo de frenagem em rotações menores foi ampliado para 4.100Nm. “Prova, mais uma vez, do quanto a Scania se preocupa em aprimorar seus veículos para o segmento, oferecendo grandes potências acompanhadas do sistema de frenagem mais eficiente do mercado”, salienta Silvio Renan Souza.

Outra novidade é a suspensão parabólica de 32 toneladas, do tipo boogie 6x4 no eixo traseiro. Com sistema de molas mais suaves, ela absorve melhor as vibrações e imperfeições do terreno não pavimentado e protege melhor a estrutura do caminhão. O sistema, parte do completo pacote de opcionais, equipa os dois últimos eixos da composição.

Customização, um diferencial

A Scania é uma das únicas empresas a possuir uma área voltada a projetos de customização do veículo conforme as necessidades de operação do cliente. No setor canavieiro, a marca segue a tendência da indústria, acompanha os clientes de perto e diretamente em sua operação para oferecer as soluções customizadas mais adequadas ao perfil da frota e à necessidade de transporte e logística.

“A equipe das Casas Scania perfila profissionais especializados no segmento fora de estrada e faz o trabalho de campo, indo até o local de operação do cliente, para entender melhor sua aplicação e poder adaptar o nosso portfólio de produtos e serviços na medida exata da necessidade do cliente”, explica o Souza. A fabricante trabalha dentro do conceito de sistema modular, com a programação de produção do veículo de acordo com a configuração exigida pelo cliente.