You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania participa do 1o Seminário de Tecnologias Sustentáveis no Transporte

Fabricante sueca é a única empresa preparada para fornecer produtos movidos a etanol

A Scania apresenta na cidade do Rio de Janeiro, entre os dias 26 e 27 de julho, no 1o Seminário de Tecnologias Sustentáveis para Transporte, as principais soluções em produtos e serviços voltados para o transporte urbano. Na ocasião, a marca sueca vai defender no seminário a utilização do etanol como melhor opção para redução de CO2 no meio ambiente. Para isso, a Scania vai expor o chassi K 270 6x2, de 15 metros, movido pelo combustível renovável.

“A Scania possui em seu portfólio soluções completas em produtos e serviços tanto para o transporte urbano como rodoviário. Hoje, somos a única empresa no mercado realmente preparada para atender as demandas por produtos movidos a etanol. Há 20 anos, a Scania trabalha na Europa, o desenvolvimento e aperfeiçoamento de produtos movido ao combustível renovável”, afirma Wilson Pereira, gerente executivo de Vendas de Ônibus da Scania no Brasil.

A marca sueca vai participar dos principais painéis do seminário onde serão discutidos assuntos como biocombustíveis e combustíveis alternativos. Com ampla experiência na utilização de fontes sustentáveis, a marca é referência mundial em veículos pesados movidos a etanol, pois trabalha desde a década de 1980 no desenvolvimento e fabricação de motores para aplicação urbana movidos por esse combustível renovável.

Atualmente, mais de 800 ônibus Scania abastecidos com etanol brasileiro circulam por cidades européias, principalmente a capital sueca, Estocolmo, que assumiu o compromisso de ter a metade do transporte de passageiros da região central realizada com combustíveis de fonte renovável até 2012.

Na cidade de São Paulo, a primeira frota, composta de 50 ônibus movidos a etanol, já opera desde maio deste ano como parte de um programa onde todo o município deve ter uma frota de ônibus composta por veículos movidos a combustíveis 100% renováveis até 2018.