You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Participação do Brasil nas vendas mundiais de caminhões da Scania cresce em 2010

A divulgação do balanço mundial de vendas da Scania mostra a filial brasileira da montadora sueca como a responsável por 27% vendas de caminhões globais. Em 2010, a Scania Brasil vendeu 15.408 unidades, com crescimento de 85% frente a 2009. Esse volume também significou 85% das unidades comercializadas pela marca no mesmo segmento na América Latina.

Ao divulgar os resultados nesta quarta-feira (02/02), o presidente mundial da Scania fez questão de destacar a importância do Brasil nos negócios da empresa e como a Scania se adaptou rapidamente para atender a demanda nacional. "O mercado brasileiro, que passa por um grande momento econômico, atingiu um patamar de volumes elevado e consistente. A Scania aproveitou as vantagens de sua estrutura de produção global para fornecer componentes a partir de suas unidades industriais européias e atender a forte demanda local", afirma Leif Östling, presidente mundial da Scania.

O relatório anual divulgado pela Scania também destaca as vendas de ônibus no Brasil, que representaram 13% do total de vendas mundiais e 43% na América Latina. Segundo Leif, a previsão é que o mercado de veículos pesados continuará aquecido no primeiro semestre de 2011. "A Scania acredita que a demanda mundial neste começo de ano será similar a identificada durante o segundo semestre de 2010", ressalta o executivo.

Na América Latina, a Scania comercializou 18.056 caminhões pesados (+89%) e 2.104 ônibus (+48%) em 2010. No mundo, foram 56.837 caminhões (+54) e 6.875 ônibus (+4). A montadora apresentou um resultado operacional positivo, de 1, 416 bilhão de euros frente a 239 milhões de euros em 2009. "Os volumes maiores de veículos e serviços e a melhor utilização de nossa capacidade instalada explicam esses resultados positivos", destaca Leif.