You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Resultado Operacional da Scania cresce 31%

Em balanço mundial dos nove primeiros meses deste ano, divulgado hoje, a Scania registra resultado operacional equivalente a 666 milhões de euros. Descontados os impostos, esse resultado é igual a 445 milhões de euros e 31% superior ao dos primeiros nove meses de 2005. A margem operacional da montadora fechou em 11,9% e as receitas mundiais cresceram em 15%.

“A carteira de pedidos de caminhões da Scania no mundo aumentou 12% nos primeiros nove meses de 2006 frente ao mesmo período de 2005. Na América Latina, os pedidos aumentaram 16%, com os aumentos no Brasil e no Peru parcialmente anulados pela baixa na Argentina”, afirmou Leif Östling, CEO e presidente mundial da Scania.

No mundo, de janeiro a setembro, a Scania comercializou 42.452 caminhões pesados, 4.331 ônibus e 4.576 motores industriais e marítimos. Tais resultados, quando comparados aos do mesmo intervalo do ano passado, são 15% superiores para os caminhões e 20% para os motores industriais e marítimos. Já em relação a ônibus, o comparativo apresenta queda de 1%.

Neste balanço, a América Latina contribuiu com 688 milhões de euros para as receitas mundiais da Scania, apresentando um crescimento de 19% sobre o mesmo período do ano passado. Na região, foram comercializados 5.915 caminhões pesados, volume 6% superior. No comparativo de vendas de ônibus, os volumes foram muito próximos, com 1.366 unidades comercializadas e crescimento aproximado de 2%. Com 1.740 motores industriais e marítimos negociados no mercado latino-americano, a Scania teve desempenho 28% superior a 2005.