You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania lança caminhões com novo motor de 9 litros

A partir de outubro, os caminhões Scania com potência de 220, 260 e 300 cavalos serão substituídos por modelos equipados com um novo motor de 9 litros, nas versões de 230, 270 e 310 cavalos. Os novos veículos possuem sistema de injeção de combustível totalmente eletrônico e são os primeiros do mercado nacional a atender às limitações de ruído em 80 dB(A). Eles ampliam a linha Scania Evolução, lançada em abril deste ano, que já conta com caminhões com motor de 12 litros e 400 cavalos de potência.

Estruturalmente, o novo motor Scania de 9 litros é derivado dos motores de 11 e 12 litros já disponíveis no mercado. Os cabeçotes são individuais, há quatro válvulas por cilindro e a unidade de injeção está posicionada perpendicularmente no centro do pistão, garantindo melhor queima do combustível. Aproximadamente 40% dos componentes brutos e finalizados, como cabeçote, camisa, pistão, bomba d’água, carcaça do volante e filtro de óleo, são comuns entre esses motores.

Para usufruir os benefícios da uniformidade dos projetos dos motores, o bloco do novo motor foi baseado nos motores de 11 e 12 litros, possuindo um cilindro a menos, no total de cinco. Um conjunto de eixos balanceadores está localizado na parte inferior do motor e elimina eventuais oscilações de rotação.

“O motor de 9 litros da Scania segue a tradição da marca, proporcionando confiabilidade, durabilidade e economia de combustível. Seu elevado torque, obtido em baixas rotações, é traduzido em viagens mais rápidas e menos cansativas, sendo indicado principalmente para os segmentos da construção, distribuição logística e transferência de carga em viagens sem pernoite”, informa Christopher Podgorski, diretor geral da Unidade de Vendas e Serviços da Scania no Brasil.

Lançado simultaneamente em todos os mercados da Scania no mundo, o novo motor de 9 litros será produzido unicamente nas fábricas da montadora em São Bernardo do Campo (SP) e em Södertälje, na Suécia. Importantes componentes, como o bloco e o eixo de comando de válvulas, serão produzidos exclusivamente no Brasil e enviados para a Europa, como estratégia global de produção da Scania.