You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Codema inaugura concessionária Scania em São Bernardo do Campo

A Codema, maior concessionária Scania na América Latina, inaugura nesta quarta-feira, dia 10 de dezembro, sua primeira filial na cidade de São Bernardo do Campo (SP). Localizada no bairro Demarchi, a nova casa será especializada no atendimento aos cegonheiros, que concentram em São Bernardo do Campo cerca de 65% da frota circulante deste segmento no País.

“A filial de São Bernardo faz parte de um plano da Codema de especialização nos segmentos mais atuantes de cada região. Ao invés de instalar a concessionária em rodovias de grande circulação, nos posicionamos próximos à base do cliente, neste caso os cegonheiros. Porém, a casa tem estrutura para atender todos os outros segmentos”, explica Antonio Barros, diretor da Codema.

A Codema mantém também no ABC paulista uma filial próxima ao pólo petroquímico de Santo André especializada em caminhões dedicados ao transporte de combustíveis e produtos químicos. Em Santos, outra filial próxima ao porto atende principalmente veículos que operam no transporte de contêineres. Como em São Bernardo, ambas as casas possuem estrutura completa para o atendimento de outros segmentos.

A Scania estima que, em São Bernardo, haja atualmente 500 caminhões da marca operando como cegonheiros. Para acolher esses clientes, uma área de 6.500 metros quadrados abriga escritório e oficinas para até 20 veículos, com generoso pátio para estacionamento de carretas.

Além das instalações normais de uma concessionária Scania, a nova filial conta com um espaço chamado “Casa do Cegonheiro”. Cozinha, churrasqueira, sala de jogos, sala de TV e computador ligado aos terminais de carga da região darão o apoio ao cegonheiro que espera para carregar seu caminhão ou realizar serviços na concessionária.

A Codema é uma das dez maiores concessionárias Scania no mundo. São nove filiais no Estado de São Paulo e uma em Minas Gerais, que empregam 250 pessoas e são responsáveis anualmente pela venda de 700 novos caminhões, 100 novos ônibus e cerca de 250 caminhões usados, além da prestação de serviços e vendas de peças.