You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania comemora 90 anos de combate a incêndios

A Scania está celebrando 90 anos da produção de seu primeiro veículo para combate a incêndios no mundo. O caminhão, um Scania-Vabis produzido no início do século XX na Suécia, teve o chassi montado na cidade de Malmö e o motor e a caixa de mudanças em Södertälje, e foi entregue à Brigada de Incêndios de Norrköping, onde permaneceu em atividade até 1950.

Durante o mês de maio, a Scania realizou em sua sede, em Södertälje, uma exposição sobre a atuação da marca no combate a incêndios ao longo do tempo. Dividida em duas seções, a mostra apresentou sete veículos históricos e cinco modelos atuais.

O mais antigo, um "pulverizador de fogo" impulsionado por um motor Scania-Vabis, foi produzido em 1914. Os modelos atuais estiveram à disposição de clientes e autoridades, demostrando as diversas opções oferecidas atualmente pela montadora para esse segmento.

"Mesmo sendo uma montadora de veículos comerciais, a Scania sempre ofereceu caminhões de combate a incêndios com capacidade técnica excepcional. Os veículos expostos, que podem acomodar até oito pessoas dentro da cabina, confirmam a superioridade tecnológica da marca. Quando se trata de combater incêndios de grandes proporções, os caminhões Scania têm se apresentado como excelente opção", afirma o Major Valdeir Rodrigues Vasconcelos, chefe da Divisão de Finanças do Corpo de Bombeiros Metropolitano do Estado de São Paulo, que visitou a exposição.

A Scania possui uma cabina estendida, com quatro portas, conhecida como "CrewCab", especialmente desenvolvida para aplicações com necessidade de transporte de até seis pessoas, além do motorista e acompanhante, que atende principalmente as aplicações de resgate e as forças armadas. Em 2002, a Scania entregou sua milésima Crewcab, destinada a uma brigada de incêndios do Reino Unido. No Brasil, os primeiros veículos automotores para combate a incêndio datam também do início do século passado. Hoje, cerca de 150 caminhões Scania atuam no combate a incêndios no Estado de São Paulo.