You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Vendas de caminhões Scania aumentam 17% em dezembro

A Scania registrou em dezembro de 2000 um dos melhores resultados em vendas de caminhões pesados de sua história. No mês passado, a montadora comercializou 600 unidades, o que representou participação de 43% no segmento de caminhões com capacidade superior a 30 toneladas e um incremento de 17,6% em relação a novembro. Em dezembro, foram vendidos no País 1.394 caminhões pesados, 18,4% mais do que no mesmo mês de 1999, quando foram comercializados 1.177 unidades.

"Esse resultado é expressivo, principalmente porque o mês de dezembro é normalmente fraco em vendas de caminhões pesados. Os transportadores continuaram a ampliar ou renovar suas frotas, não esperando pelo ano seguinte, o que indica confiança na economia e no crescimento do mercado", observa Flávio Mermejo, diretor geral da Scania. A marca de 600 unidades vendidas em um mês não era alcançada desde junho de 1998, mês em que a Scania comercializou 674 caminhões.

Mermejo atribui o resultado de dezembro a uma estratégia agressiva, que reuniu preço competitivo, alternativas de financiamento e estímulo à quitação das cotas de consórcio. "A série especial e limitada de caminhões Millenium, comercializada de setembro a dezembro, também ajudou a impulsionar as vendas no final do ano", afirma o diretor da Scania.

A Scania manteve, no ano passado, a liderança de mercado na faixa de caminhões pesados e extrapesados, com uma participação de 29,7%. Em 2000, a montadora vendeu no País 5.153 unidades, 21% mais do que em 1999, quando foram comercializados 4.261 caminhões. No segmento de ônibus, a Scania vendeu 1.100 unidades, número 52% maior do que as 724 unidades vendidas em 1999. A participação da Scania nesse segmento cresceu para 10,4% em 2000. Houve incremento também nas vendas de motores industriais e marítimos: no ano, a Scania comercializou 625 unidades, 2,5% mais do que em 1999.