You seem to be located in .

Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.

A Scania funda uma empresa de soluções de carregamento

 

4 de julho de 2024

 

A Scania CV AB anuncia a criação da Erinion, uma nova empresa especializada no carregamento privado e semi-público A mudança estratégica permitirá instalar 40 000 novos pontos de carregamento nos locais dos clientes e reforçará a oferta de mobilidade eletrónica do Grupo Scania no futuro ecossistema dos transportes.

 

A nova empresa Erinion foi fundada pela Scania para fornecer soluções para o carregamento nas instalações dos clientes, quer se trate de armazéns ou de pontos de destino finais com o objetivo de acelerar a aquisição de camiões elétricos, em conformidade com o objetivo da Scania de promover a mudança para um sistema de transportes sustentável. As soluções da Erinion permitirão aos clientes uma transição perfeita para frotas de emissões zero com um tempo de atividade superior. Este será um fator essencial para cumprir a ambição declarada da Scania de que 50% do seu volume de vendas na Europa seja elétrico até 2030.  

 

Carregamento em armazéns e pontos finais

 

Os estudos do setor sugerem que o carregamento em armazém será a principal fonte de energia para as operações de curta e longa distância*. Como complemento das redes de carregamento públicas, o carregamento em armazém e os pontos de destino disponibiliza uma infraestrutura de carregamento dedicada no depósito doméstico do cliente ou noutros locais previamente definidos. Isto tem diversas vantagens: horários de carregamento previsíveis que asseguram o carregamento total dos veículos, maior tempo de atividade e, em última análise, máxima eficiência operacional e poupança de custos através de custos de energia previsíveis e estáveis e adaptados às operações específicas de cada cliente.   

 

Ao proporcionar custos de energia previsíveis e soluções personalizadas para as operações de cada cliente, o carregamento em armazém e os pontos de destino permite igualmente a otimização dos níveis de potência e dos horários de carregamento, melhorando ao mesmo tempo a vida útil da bateria e a eficiência global do veículo. Além disso, o facto de o carregamento em armazém  ocorrer frequentemente fora das horas de ponta significa taxas de eletricidade inferiores e mais controladas, enquanto o carregamento os pontos de destino pode ocorrer numa base flexível durante o descanso do condutor ou a entrega de mercadorias.   

 

A investigação da Scania, validada por programas-piloto com clientes, revela o potencial para poupanças de custos significativas com as soluções de carregamento melhoradas. Os clientes podem prever reduções nas necessidades de investimento até 50% e poupanças operacionais até 15.000 euros por camião em cada ano. 

 

Soluções personalizadas

  

Atualmente o carregamento no depósito está a tornar-se cada vez mais avançado. Não se trata apenas de fornecer carregadores, ligações à rede e tratar da instalação. Com a nova empresa, os clientes do setor dos transportes da Scania vão poder tirar partido de software e hardware integrados e avançados, bem como dos serviços operacionais e de apoio. As soluções modulares e específicas podem ser fornecidas como um modelo de revendedor padrão (com pagamentos em numerário) ou como um modelo de preços híbrido-flexível que permite aos clientes combinar pagamentos iniciais, locações financeiras e taxas variáveis para serviço e manutenção.  

 

Inicialmente a nova empresa estabelecerá a sua presença comercial na Suécia, Noruega, Reino Unido, Países Baixos, França e Alemanha. A implementação a nível mundial seguir-se-á oportunamente. A abordagem crítica da marca garante que empresas de todos os tipos, independentemente da marca do veículo, possam beneficiar da infraestrutura de carregamento e dos serviços operacionais da Erinion. Até 2030, prevê-se que circulem nas estradas europeias 230 000 camiões elétricos**. Para apoiar este crescimento, a Erinion prevê instalar no mínimo 40 000 pontos de carregamento nos locais dos clientes até 2030.  

 

Com a nossa solução, os clientes ficam tranquilos e podem focar-se na sua atividade principal, enquanto uma unidade de carregamento especializada se encarrega do hardware, software, do financiamento e dos serviços operacionais necessários para operar o carregamento em escala com qualidade e custos superiores”, explicou Jonas Hernlund, Diretor de Energia e Infraestruturas do Grupo Scania.  

 

Na transição, o sistema de transportes será redefinido. A nossa nova empresa de soluções de carregamento no depósito constitui um excelente exemplo de uma iniciativa que vai desempenhar um papel importante para os nossos clientes no futuro ecossistema dos transportes, aquando da transição para os transportes elétricos”, referiu Gustaf Sundell, Vice-Presidente Executivo e Diretor de Empreendimentos e Novos Negócios, Grupo Scania.

 

* Em 2025. Fonte: Estudo TRATON FACE, McKinsey energy insight, entrevistas com peritos.

** Fonte: Relatório da ACEA "European EV Charging Infrastructure Masterplan".