You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania lança o caminhão mais potente do mercado brasileiro

A Scania preparou uma surpresa para transportadores e caminhoneiros e lançou no Salão Internacional do Transporte, realizado de 15 a 19 de outubro, o Rei da Estrada, o caminhão com a maior potência do mercado brasileiro. Equipado com motor V8 de 16 litros e gerenciamento eletrônico de injeção de combustível, o Rei da Estrada desenvolve 480 cavalos de potência. Até agora, os modelos mais potentes do mercado eram equipados com motor de 420 cavalos.

O torque máximo do motor V8 DC16 02, de 2.300 Nm, é obtido em baixas rotações (entre 1.100 e 1.300 rpm), o que possibilita elevadas médias de velocidade com reduzido consumo de combustível. “A relação entre cavalos por tonelada transportada oferecida pelo V8 é uma garantia de maior velocidade média no transporte de grandes volumes de carga, mesmo em rotas acidentadas, com muitos aclives”, destaca Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Caminhões. Para Munhoz, o V8 atenderá principalmente operações de transporte em bitrens e rodotrens, aplicações que têm crescido no País nos últimos anos.

O motor DC16 02, que será importado da Suécia, é montado, graças ao sistema modular da Scania, com cerca de 20% de peças comuns aos motores de 11 e 12 litros, produzidos no Brasil desde o início de 1998. Entre essas peças, estão as unidades de injeção e os pistões. O aproveitamento de componentes, segundo Munhoz, reduz os custos do projeto e facilita os reparos e a manutenção. “Apenas duas novas ferramentas, necessárias para remoção e instalação do motor V8, foram introduzidas na rede de concessionários”, ressalta.

Com o lançamento do “Rei da Estrada”, a Scania reforça sua liderança tecnológica no mercado de caminhões pesados. O motor eletrônico V8 de 16 litros, lançado há apenas um ano na Europa, já atende aos padrões de emissão de poluentes da norma Euro 3, que deverão ser adotados no Brasil apenas em 2005. O “Rei da Estrada” é o primeiro caminhão do País a atender a norma Euro 3.

O “Rei da Estrada” é oferecido com cabina avançada R (cara-chata), tração 4x2 ou 6x4 na versão estradeira, controle de tração, ABS, computador de bordo, ar condicionado, pára-sol com luzes de identificação e Scania Alert, um sistema de segurança que, por meio de sons, mantém a concentração do motorista em longos percursos. A pintura perolizada na cor azul e as faixas laterais são exclusivas do modelo. Os bancos, volante de direção e manopla da alavanca de câmbio são revestidos em couro natural; as rodas são de alumínio e os retrovisores têm comando e aquecimento elétricos. A buzina a ar, instalada no teto da cabina, é cromada. Opcionalmente, o “Rei da Estrada” pode ser equipado com Opticruise e Scania Retarder.

O preço de lançamento do “Rei da Estrada”, versão R164 GA6X4NZ 480, é de R$ 226 mil. A previsão inicial da Scania é comercializar cerca de 100 unidades do modelo por ano. “O novo motor V8 da Scania, de 16 litros, vai surpreender pelas excelentes médias de consumo e de velocidade”, garante Munhoz.

A Scania é a única montadora a ter produzido e comercializado caminhões com motor V8 no Brasil. Desde o modelo LK140, com 350 cavalos, lançado em 1975, até os modelos T e R 143, com 450 cavalos, de 1994, foram vendidos no País mais de 6,6 mil unidades. A produção dos motores Scania V8 está concentrada na fábrica da Suécia, que os exporta para os outros mercados da montadora na Europa, Ásia e América.