You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Portugal
region sprzedaży
Production units
20090-004

O novo camião híbrido da Scania com autonomia elétrica de 60 km

  • O novo camião híbrido Plug-in da Scania, com uma autonomia elétrica de até 60 km, combina o melhor de dois mundos. Oferece as oportunidades flexíveis do motor de combustão com as vantagens excecionais da propulsão silenciosa e isenta de emissões.

Após o lançamento do primeiro camião híbrido da Scania em 2014, a consciência climática tem vindo a ganhar destaque, com a tecnologia a dar um grande salto em frente. O sistema híbrido Plug-in é, assim, uma proposta apelativa para as operações de transporte urbano em aplicações como a entrega de mercadorias, a recolha de lixo, camiões basculantes, Hooklifts e serviços de incêndio e resgate.

Integrar o camião híbrido nas frotas dos transportadores é, sem dúvida, a forma mais simples de obter experiência na operação de veículos elétricos”, explica Anders Lampinen, Diretor de Novas Tecnologias. “Funcionando como uma ponte entre as diferentes tecnologias, isso pode ajudar a obter uma experiência valiosa na expansão gradual das frotas, de forma a abranger uma maior participação dos veículos elétricos.”

O camião híbrido Plug-in da Scania está equipado com um conector de carregamento CCS para carregamento a partir da rede elétrica. Com o carregamento de 95 kW CC, as três baterias serão carregadas a 80% em cerca de 35 minutos. O camião também pode ser carregado através da regeneração da energia de travagem.

Com as novas baterias de maior densidade energética - cada uma das três baterias tem uma capacidade instalada de 30 kWh, num total de 90 kWh - o camião pode percorrer até 60 km em modo totalmente elétrico, dependendo do peso bruto total, da topografia e do tipo de carroçaria. Além disso, pode efetuar um carregamento adicional enquanto o camião está estacionado para carga ou descarga, ou enquanto o motorista está num momento de descanso.

O camião híbrido Plug-in da Scania está disponível com as cabinas das séries L e P, ambas projetadas para operações urbanas. A cabina da série L com piso rebaixado, em particular, foi concebida especificamente para as condições de circulação no trânsito congestionado das cidades, com uma visibilidade incomparável.

Além do motor elétrico de 115 kW– localizado entre o motor e a transmissão – o camião híbrido está equipado com um motor diesel de 9 litros de 280–360 cv.

A “Scania Zone” é a ferramenta perfeita para utilizar com o camião híbrido. Este serviço baseado na posição ajuda os condutores ao mudar automaticamente o tipo de propulsão para cumprimento dos regulamentos de trânsito e ambientais, assim como de políticas predefinidas individualmente, normas de ruído e outras emissões.

Cada vez mais cidades têm vindo a estabelecer zonas de baixa emissão nos centros urbanos, exigindo alternativas como a propulsão elétrica. Ao adquirir o camião híbrido, as empresas de transporte podem também alargar significativamente a utilização do veículo e reduzir o tempo não lucrativo enquanto o veículo está parado. O modo elétrico silencioso permite entregas eficientes durante a noite, evitando assim o congestionamento do trânsito no horário de ponta do centro da cidade”, explica Lampinen.

Entretanto, os operadores podem, se necessário, utilizar o motor de combustão para viagens de longa distância entre os armazéns e os centros de logística em locais periféricos, bem como para serviços de transporte customizado. Em suma, poderão ter o melhor de dois mundos".