You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania anuncia venda de mais 10 ônibus a etanol para a cidade de São Paulo

Cerca de mil veículos da montadora já circulam em todo o mundo; no Brasil, as novas unidades serão operadas pela Tupi Transportes

A Scania, montadora sueca pioneira na tecnologia de motores a etanol no ciclo diesel, anunciou a venda de mais 10 ônibus para a cidade de São Paulo. Os veículos que compõem a nova encomenda serão entregues no segundo semestre e operados pela Tupi Transportes.

“Essa segunda venda do ônibus a etanol para o mercado brasileiro representa que a Scania está no caminho certo. Já existem conversas bem adiantadas com outras capitais como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Recife. É um novo segmento de transporte sustentável que começa a se consolidar no país”, afirma Wilson Pereira, Gerente Executivo de Vendas de Ônibus da Scania Brasil.

As unidades são do modelo K270 6x2, que possui 15 metros de extensão e é equipado com motorização da terceira geração da tecnologia etanol da Scania. Os veículos vão se juntar aos 50 primeiros ônibus a etanol da cidade, entregues no último dia 26 para a Viação Metropolitana de São Paulo.

“É possível reduzir as emissões com as tecnologias existentes, pois os ônibus a etanol já são comercialmente viáveis hoje. Atualmente, cerca de 800 unidades estão em circulação no mundo”, afirma Christopher Podgorski, vice-presidente de Vendas e Marketing da Scania para a América Latina.

“As 60 unidades de ônibus a etanol de São Paulo atendem a legislação de emissão de poluentes EURO 5, obrigatória pela União Européia desde 2009 e que entra em vigor no Brasil somente em 2012, com o Conama P7. Os veículos também respeitam a norma européia EEV (Enhanced Environmentally Friendly Vehicles), ainda mais rigorosa que o EURO 5”, complementa Podgorski.

O objetivo da Prefeitura de São Paulo é substituir, até o final de 2018, toda sua frota de 15 mil ônibus urbanos por veículos movidos a combustíveis renováveis.

O etanol é o combustível com maior potencial para redução de emissões de CO2. O etanol proveniente da cana de açúcar emite até 90% menos gás carbônico na atmosfera que o diesel e ainda proporciona a redução de material particulado, NOx (óxidos de nitrogênio) e hidrocarbonetos.