You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

Scania reduz consumo de energia e recursos naturais

Nos últimos quatro anos, a Scania reduziu em 26% o consumo de energia, em 42% o consumo de água e em 48% o volume de resíduos enviado para aterros por veículo fabricado em todo o mundo. Em 1999, para cada veículo produzido pela Scania, foram gerados 95 kg de resíduos destinados a aterros e consumidos 12 MWh de energia e 13 m3 de água. A meta da empresa é conseguir alcançar, até 2004, a marca de 10 MWh de energia, 10 m3 de água e 50 kg de resíduos depositados em aterro por veículo produzido.

Um dos principais fabricantes mundiais de veículos pesados, a Scania tem adotado várias medidas para reduzir o impacto ambiental dos processos de produção e das atividades de transporte. Entre essas iniciativas estão a adoção de uma "lista negra" de materiais e produtos químicos que não podem ser utilizados nas fábricas da empresa em todo mundo, a reciclagem de água e de materiais, a redução do consumo de energia e a exigência de que os fornecedores tenham a certificação ISO 14001.

Conforme o Relatório Ambiental 1999 da Scania (www.scania.com.br/ambiente), legislações mais exigentes e a necessidade de redução dos custos operacionais têm levado as empresas de transporte a incluírem o desempenho ambiental do veículo em suas decisões de compra. Para a Scania, a harmonização global de regulamentos e métodos de medição das emissões de gases de combustão facilitaria o desenvolvimento de novos motores e permitiria a implementação mais rápida de novas tecnologias, como a de combustíveis alternativos, em diferentes mercados. A Scania é atualmente o maior fornecedor mundial de ônibus movidos a etanol e um dos principais fabricantes de veículos a gás.

Consumo

Estudos realizados pela Scania indicam que 90% do impacto ambiental gerado por um veículo ocorrem durante o seu período de operação. A utilização da capacidade máxima de carga, a escolha do veículo certo para cada tipo de trabalho, uma adequada manutenção e a adoção de técnicas corretas de condução reduzem os gastos com combustível e o impacto ambiental da atividade de transporte. Em média, o consumo de combustível representa de 20% a 30% dos custos de uma transportadora. Uma operação suave e econômica pode representar uma economia de até 15% em combustível.