You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

COMBUSTÍVEIS NÃO FÓSSEIS

36 ônibus a gás da Scania na Noruega

Em busca de uma frota de ônibus sem combustíveis fósseis

Em junho de 2015, a operadora de transporte público norueguesa Nobina Akershus recebeu 36 ônibus a gás Scania OmniExpress Euro 6. Os ônibus, a serem usados no depósito da empresa na cidade de Ski, ao sul de Oslo, são parte de uma estratégia de uso de combustíveis não fósseis para a região.

Bob Sebro é gerente de operações da Akershus, com sede na garagem de Ski da Nobina. A empresa opera ônibus em nome da Ruter, empresa pública que planeja, coordena, comanda e promove o transporte público nas áreas de Oslo e Akershus. "Usamos combustíveis sem energia fóssil porque a Ruter precisa operar sem combustíveis fósseis até 2020", explica Sebro.

Nobina descobriu que o gás era uma excelente adequação para os ônibus da área de Ski em virtude da infraestrutura existente e da disponibilidade de biogás. Os novos ônibus foram colocados em operação em meados de 2015, com grande sucesso. "Os ônibus e os postos de entrega e abastecimento de gás funcionaram muito bem", ressalta Sebro.

Otimização da frota

Os novos ônibus substituíram os ônibus mais antigos que estavam em operação na área. A frota anterior incluía vários tipos de ônibus, ao passo que a nova inclui apenas dois tipos: 18 com 15 metros e 18 com 13 metros de comprimento.

"Eles são muito semelhantes por dentro e isso facilita para os motoristas, graças às condições semelhantes de trabalho de bordo", ressalta Sebro.

Diferentes rotinas de reabastecimento

A experiência da garagem da Nobina em Ski mostra que a principal diferença entre um ônibus a biogás e um a diesel é a rotina de reabastecimento. "Temos de reabastecer toda vez que os ônibus passam pela garagem", afirma Sebro. "Em termos de dirigibilidade, não há nenhuma diferença entre ônibus a gás e a diesel."