You seem to be located in .
Vá ao seu site de mercado Scania para mais informações.
Brasil
region sprzedaży
Production units

A linha XT da Scania

A missão dos sonhos dos designers da Scania

O estilo de uma linha inteiramente nova

Para a equipe de design da Scania, foi um sonho que se tornou realidade: desenhar uma linha inteiramente nova de caminhões para as mais árduas operações de construção.

"Como designer, o que mais posso pedir?", pergunta Kristofer Hansén, Head of Styling and Industrial Design da Scania.

A linha XT é a segunda fase da nova geração de caminhões da Scania, projetada para operações pesadas, duras e exigentes de construção. Ela foi criada tendo como base o sistema modular da Scania, mas muitas peças novas tiveram de ser desenhadas para completar a nova linha.

 Quando descrevem seu trabalho com os novos veículos de construção, os designers da Scania às vezes falam em "ser fiéis ao material".

"Tudo o que é adicionado a essa linha tem uma função e é projetado do ponto de vista do usuário", explica Hansén. "Por exemplo, o novo para-choque é extremamente robusto e eficiente. Não há plástico nem peças extras – ele é um sólido para-choque metálico. É confiável e funciona perfeitamente, e é isso que seu design revela."

Como líder da equipe de design do exterior, Anders Lundgren teve de ser fiel às palavras-chave "atlético", "dinâmico" e "reconhecível", as mesmas palavras às quais aderiu quando desenvolveu os veículos de longa distância da nova geração. "Contudo, com esses novos veículos de construção, nós acrescentamos uma nova palavra-chave – 'autêntico'", conta Lundgren.

"Na linha de construção, tudo tem a ver com trabalho pesado", continua, "e isso deve ser demonstrado em todos os tipos de material com que trabalhamos. Ser 'autêntico' significa nunca usar um material que comprometa o todo. É um desafio desenhar peças de 4 mm feitas de aço de alta tensão em vez de plástico e fazê-las funcionar junto com o resto da cabina e do caminhão. As linhas de recursos tiveram de ser adotadas de certa forma. Vendo o resultado final, estou realmente orgulhoso do trabalho que a equipe realizou. Acho mesmo que conseguimos transmitir a força do design de um modo honesto e único." 

"Eu sempre tive esta visão do para-choque e do que os veículos de construção fazem… como a força de um punho. Com a frente mais baixa desses novos caminhões, eu realmente acho que fizemos tudo direito."

Allan Macdonald, Lead Exterior Stylist, destaca a importância da modularização da Scania em um projeto como a nova linha XT. "As funções estão no topo da lista em um caminhão como este", afirma. "Não podemos ter funções comprometendo umas às outras. E como as funções são tão visíveis, não podemos separar o estilo da função."

Outro exemplo de funções muito visíveis é o degrau lateral na carroceria, que foi integrado a esses caminhões para dar ao motorista uma boa visão da carroceria basculante. "Ele é forte, rígido e combina com a maçaneta sóbria do teto para o motorista", ressalta Macdonald. "Este é um recurso feito claramente para o motorista."

O mesmo foco no motorista está envolvido no desenvolvimento de um novo interior para os veículos de construção. Anna Börjesson Bodestig, Senior Industrial Designer, descreve o interior como “uma cabina sem leito, otimizada para a situação de trabalho mais adversa e difícil".

"Nós nos concentramos em tornar o interior tão funcional e durável quanto possível", esclarece. "Nós otimizamos muitos pequenos detalhes, como o painel de instrumentos extensível, um armazenamento mais flexível, uma janela traseira, novos bancos, novos tapetes com bordas mais altas – tudo para dar aos motoristas de construção o melhor ambiente de trabalho de todos os tempos."

Outra área de foco importante no design do interior foi a segurança

"Para um motorista de construção, é importante ter uma visão direta muito boa ao redor da cabina e a possibilidade de alcançar facilmente todos os botões e outros itens à sua volta", alerta. "Vários pequenos detalhes são colocados para otimizar o ambiente do motorista de construção."

Um fator de segurança às vezes esquecido é o impacto da cor e do material no ambiente de direção. Para Christina Isomaa, Team Leader of Colour and Trim na equipe de design da Scania, este é um tema importante. "Escolhemos as cores e os tipos de material otimizando-os para nossos clientes e suas necessidades", avisa. "Um aspecto óbvio é escolher para o interior materiais fáceis de limpar para mantê-lo agradável. As cores do interior são criadas tanto para o conforto quanto para a segurança. Para guiar um veículo de construção pesada em um ambiente estressante, o foco devia se voltar inteiramente para o ato de dirigir. Nossa meta foi criar segurança harmonizando as cores na cabina; deveriam ser agradáveis sem perturbar."

Para o exterior, vale o oposto. “Blaze Orange é uma cor entre muitas da paleta da Scania”, Isomaa garante. "A escolha aqui era fácil. Laranja é uma cor forte – cor forte para uma marca forte. E tudo gira em torno de segurança, é claro. Esses veículos circulam em ambientes nos quais a visibilidade é essencial. De muitas formas, laranja é a cor de alerta na própria natureza."